segunda-feira, maio 28, 2012

Desculpem - me

Desculpa por não ter postado ainda o próximo capitulo de Voando Alto, é que meu jogo deu um problema,o meu jogo salvo não abriu,tive que começar tudo do zero,então perdi tudo, a mobília da casa, a minha sim, e então estou fazendo por partes. Acho que amanhã ou quarta no máximo posto a continuação,e vem surpresas por aí.
Beijão pra quem acompanha o blog,e agradeço a todos vocês por mais de 1,000 visualizações.

sábado, maio 26, 2012

Concurso

Pessoal minha historia "Querido Diário" está participando de um concurso no blog "thesims3pt.blogspot".
Entrem lá e votem na enquete como melhor historia.
Conto com a ajuda de vocês.
 Beijos e Abraços.

Voando Alto - Cap 3

Acordei cedo,mesmo indo dormir tarde.Brigderport passa uma energia muito boa,então é complicado  ficar na cama até tarde.
Mas assim que levantei,me espreguicei, arrumei a cama e me arrastei até a cozinha,e descobri minha irmã fazendo rabanada,não sei onde que ela aprendeu a habilidade culinária,por que quando saiu de Twinbrook ela não sabia fritar um ovo. Mas assim que meu viu disse:
- Toma um banho e depois já estará o café na mesa.
- Está bem.
Fui para o enorme banheiro,que era decorado com os melhores mármores,e reparei na quantidade de cremes e perfumes,na qualidade dos tecidos das toalhas,tudo naquele banheiro era muito luxuoso.
Liguei a água da banheira em 36°C e entrei e me deixei relaxar.
Comecei a pensar no que eu faria, a primeira coisa era procurar alguma agência de modelo,e estaria no mundo das top models.
Saí e quando me dei conta já era passada de 10:00, eu havia ficado muito tempo na banheira.
Fui até a cozinha e minha irmã estava no telefone falando com o Michael,o namorado dela,e ela não parecia contente.

Depois que ela desligou,fomos tomar o tão desejado café,ficamos conversando e ela contou que o namorado dela teve que fazer uma viagem, mas ela achava que ele estava tentando engana-la.
Assim que terminei meu café,fui me trocar...
Minha irmã ficou dizendo que com a roupa que eu estava eu não arrumaria emprego nem aqui nem na china,mas não iria colocar uma roupa se não me setia bem nela.
Depois pesquisei algumas agencias de modelo,e marquei de me encontrar com algum representante.
Entrei no meu carro,e me dirigi a praça publica de Brigderport,chagando lá encontrei um belo parque , com grandes arvores, e belas flores,e algumas tartarugas brincavam na grama,era o cantinho do paraíso em uma grande cidade. Não parecia que estava na grande metrópole,marquei de encontrar-me com Diana Jones, ela é chefe da agência de modelos Über model, uma agencia bem conceituada..
- Olá,sou Marina Montes.
- Olá, Sou Diana,prazer.
- Prazer é meu.
- Minha chefe me falou que você deseja ser modelo da nossa agência..
- Sim.
- Primeiro temos que ver se você tem os requisitos mínimos.
- E quais são?
- Alem de beleza natural,tem que ter bom gosto...
-  E..
- Me desculpe querida,mas você não tem.
- Como?
- É só olhar para a sua roupa para perceber.
- Está bem.
Saí praticamente chorando dali, como ela pode ser tão fria? Ainda tinha dois encontros,mas minha esperança tinha se esvaído.
Me dirige, para a esplanada das borboletas,e mesmo meu estado de espirito perturbado,não deixei de apreciar a vista para o mar,tinha marcado um encontro com Leandro Lopes,ele é agente da agência de modelos de Brigderport,encontrei ele logo que cheguei. 
- Olá,sou Marina Montes..
- Oi,sou Leandro,e sou da agência...
- Vocês tem emprego para uma modelo iniciante?
- Seria para você?
- Sim
- Não temos muitas vagas,as vagas disponíveis que tem é para modelos consagradas que estamos negociando.
- Obrigada pela atenção.
Saí desanimada, por quê eles não me aceitavam? O que eu tinha de errado,pelo menos Leandro foi educado..
Me dirigi agora para o ultimo encontro,que era no Parque Marina e me encontrei com nada mais nada menos,que a estilista que era dona da agência de modelos, Lunara Cortes.
- Olá, eu sou Marina....
- Eu sei quem você é.
- Como?
- Você acha que eu me encontro com uma pessoa sem saber cada fio deu sua vida?
- Ah..
- Se você veio pedir emprego,não.
- Por quê?
- Este teu visual escruncho,este canelo mal arrumado,você nunca será uma modelo de sucesso.
- Por favor,me de uma chance.
- Não,já estou convencida que você não esta nos meus requisitos para trabalhar na minha agência de modelos.
Virei as costas e fui para o carro,segura dentro dele, chorei copiosamente, que tipo de pessoas tinham nesta cidade? Eu não usaria minha roupa,ou meu estilo de cabelo,eu usaria o que eles me mandasse,mas parece que eles não percebiam isto.Liguei o carro e me dirigi para casa.

Chegando em casa,encontrei minha irmã fazendo uma leitura na bola de cristal ,para uma cliente.
E eu cada vez me surpreendendo mais com minha irmã,desde quando ela era ligada com estas coisas de magia?
Enquanto ela atendia sua cliente eu tomava um suco de laranja...
Alguns minutos depois a cliente foi embora,e ala veio com uma cara estranha.
- Me desculpe, eu atendo pessoas que procuram minha ajuda.
- Tudo bem, eu só não gosto que me esconda as coisas.
Eu não estava com animo para discutir,quando minha irmã disse:
- Venha,vou fazer uma leitura pra você.
- Eu não acredito nisto.
- Da uma chance para mim.
- Esta bem.
Ela disse que viu um grande sonho,e dois grandes futuros,um futuro vencedor e um fracassado,para mim poder seguir no vencedor teria que fazer uma escolha, alguma coisa com mudança de visual, ela disse que esta parte estava um pouco embaçada.
Fiquei apavorada, eu não havia contado nada para ela daquela tarde, em que as pessoas não me admitiram por que eu tinha um visual feio.
Fui para cama...
 e me pus a pensar mo meu dia,e cheguei a conclusão, iria mudar o visual,mas nunca mais pediria emprego em nenhuma daquelas agências,eles me veriam vencedora e iam perceber que perderam uma grande profissional.

segunda-feira, maio 21, 2012

Voando alto - Cap 2.

Acordei cedo,tomei banho,fiz minhas malas e me despedi dos meus pais com muito choro,prometendo vir visitar eles em 1 mês.
Fui para o pequeno aeroporto de Twinbrook, comprei minhas passagens para Brigdeport,e embarquei.
Chegando lá,apos 4 horas de viagem,peguei o táxi e pedi para me levar no endereço "Alamedo do Pico - 2",o taxista me olhou estranho,só percebi quando encostamos,era um prédio de alto padrão,com direito a piscina,hidromassagem,me perguntei como minha irmã estava morando ali,pelo que me consta ela não estava tão bem financeiramente.
Entrei e fiquei admirando a pomposidade do hall de entrada, caminhei até o interfone e uma voz falou:
- Quem??
- Marina,é a residencia da Paula?
- Sim,já desso maninha.


Minha irmã desceu e eu me apavorei,como ela mudou,esta com outro cabelo,usando maquiagem e roupas que até então nunca imaginaria que ela iria usar.
- O que foi maninha?
- Como você mudou!
- Pode se dizer que sim.
-E como você esta morando neste lindo apartamento?
- Meu namorado me deu de aniversario.
- O que? - tem dois pontos que me chocaram,o primeiro que minha irmã estava namorando e não falou nada e segundo este namorado era muito ricaço para dar um apartamento de aniversario para ela.
- Sim,meu namorado é Michael Stevens...
- Stevens dos restaurantes? 
- Exato,vamos subir para mim poder fazer o almoço.
- Tudo bem.
Quando cheguei e vi a mobília,a decoração,tudo, me vi em estado de choque,como minha irmã não me contou, esse lugar era simplesmente perfeito.
Enquanto ela fazia panquecas de almoço...
eu ligava para meus pais...
- Oi mamãe...
- Oi,chegou bem?
- Sim,Paula está fazendo almoço para nós!
- E como é o apartamento dela?
Sinceramente tranquei com está pergunta,dizia a verdade ou mentia até que disse.
- É bom mãe,da muito bem para nós duas.
- Que bom,seu pai lhe mandou um beijo.
- Manda outro pra ele, vou ter que desligar as panquecas já estão prontas.
- Está bem,se cuida.
Depois ouvi ela dizendo como eu iria me alimentar mal,imagina comer panquecas de almoço.
Almoçamos e Paula veio falar comigo.
- Hoje a noite tem um jantar com os Stevans...
- Tudo bem eu fico em casa.
- O que,não você vai junto.
- Como? Não quero te atrapalhar.
- Para,você vai comigo e ponto final.
- Mas eu não tenho roupa.
- Sem problema,eu tenho,e vamos mudar este cabelo e colocar uma maquiagem neste rosto.
- Maquiagem? Está doida,não vou deixar..
- Vamos lá..
Ela começou a dizer que eu tinha que colocar um vestido curto,um salto alto, e arrumar o cabelo.Fomos horas com ela me arrumando pensei que ela tava era de brincadeira comigo.
Aí veio a surpresa,olha como fiquei,nem pareço a mesma.
Foi quando vi o vestido e o tamanho do salto que ela queria que eu colocasse,quase fui a loucura,mas mesmo assim coloquei....
Me senti uma palhaça com salto alto,mas minha irmã ficou dizendo que eu tava linda,e fazia comentários do tipo "por quê esconde o corpo com roupas largas", não que eu não tivesse gostado,só me achava muito estranha naquela roupa.
Fomos ao jantar,e lá todos perguntavam quem eu era e minha irmã dizia:
- Esta é minha irmã,Marina.
E todos me elogiavam dizendo o quanto eu era bonita e o namorado da Paula,era um gatão,e foi muito educado comigo.
Teve um momento em que Paula foi resolver umas coisas com ele, e Jonathas Histong veio falar comigo ( mais tarde descobri que ele é filho dos donos da montadora de carros Histong) antes de falar comigo ele me lançava uns olhares,no começo me senti mal, ninguém tinha me lançado aquele tipo de olhar antes, mas depois eu retribuía na mesma intensidade.
Quase no final do jantar ele veio falar comigo, e dizia coisas mais ou menos assim " Como pode alguém ser tão linda assim" em uma de suas cantadas minha irmã apareceu,e me salvou da saia justa.
Ficamos mais um tempo ali,e decidimos ir em alguma festa,e fomos no Salão da Prosperidade.
Chegamos lá e eu como não sou uma celebridade,subornei o leão de chácara,mas minha irmã...
Se atracou com o segurança,e obvio que ele deixou ela entrar,perguntei por que fez isto ela simplesmente disse:
- Mulher tem que usar seus dotes!
Como minha irmã mudou.
Pedi uma bebida para nós e conversamos foi quando ela me falou.
- Nossa,o Jonathan te secou hoje em?
- Nem me diga,e ele me paquerando? Ainda bem que me salvou..
- Ele ficou gamadão em ti!
- Cala boca...
- É serio,imagina se tu namora com ele?
- Deixa disto,imagina se ele me visse,sem salto alto,sem maquiagem...
- É mas não te viu...
Fomos conversando,e quando vi já era passada da 1:00 h ,corremos para casa...
Me deitei,e recapitulei o meu dia,e ele realmente foi muito surpreendedor,em tudo,mas minha mente voou até a minha pequena cidade,e dos meus colegas de aula rindo do meu sonho, de ser uma top model, e eu amanhã irei começar a caminhada para ele.

domingo, maio 20, 2012

Voando Alto - Cap 1



Sou Marina Montes,tenho 19 anos e moro em Twinbrook, meu sonho é ser uma topo model...
Cresci ouvindo as pessoas julgarem,dizendo que eu nunca realizaria este sonho,ou eu era muito feia,muito nariguda,as únicas pessoas que me apoiam é meus pais e minha melhor amiga.
Antes de mais nada deixa apresentar-lhes..
Esta é minha mãe Neusa Montes..
Este é meu pai Samuel Montes..
Eles sempre me apoiaram, minha mãe sempre dizia "Se você realmente quer,vai atrás" e meu pai sempre guardou um pouco de dinheiro para mim gastar no que achasse certo.
Tenho uma irmã,ela foi para Brigderport , atrás de fama e grana,ela nos visita pouco,mas me manda sempre um bom presente de aniversario.
Agora que me formei,tenho que tomar uma decisão em minha vida. Estava pensando  em ir para Brigdeport com minha irmã,talvez desse certo.Primeiro vou me acertar com meus pais.
- Oi pai.
- Oi.
- Como foi o trabalho?
- Foi bom,me parece que tem algo te preocupando!
- É,pode se dizer que sim,estou pensando em ir para Brigdeport...
- Por que?
- Você sabe que eu quero ser uma modelo ,e lá eu vou ter mais chance.
- Tudo bem,de quanto precisa?
- Não sei,só o dinheiro para a passagem.
-Vou te dar as minhas economias.
-Pai eu não posso aceitar.
- Claro que vai,o que eu mais quero é ter uma filha vencedora.
- Obrigada pai.
Abracei ele,meu pai estava se sacrificando por mim.
  Tomamos café,e mais tarde fomos no parque,nos divertimos bastante lá.

Voltamos para casa e liguei para minha irmã:
- Oi maninha.
- Oi,como está aí?
- Estamos bem, papai e mamãe mandaram um beijo.
- Diz que eu mandei outro.
- Tem lugar pra outro aí?
- Claro que tem,por quê?
- Estou pensando em ir morar aí!
- Pode vir caçulinha.
- Está bem.
- Amanhã?
- Pode ser, pelo meio dia chego aí!
- Vou te esperar com um ótimo almoço.
 - Está bem,até,beijos.
- Beijos querida.
Contei para os meus pais e fui contar para minha melhor amiga.
- Oi Janáina.
- Oi,que euforia é esta?
- Eu vou pra Brigdeport!
- O que?
- Sim,eu vou morar com minha irmã!
- Mas o que vai fazer lá?
- Quero trabalhar de modelo,mas eu vou vim visitar vocês.
- Está bem, Boa Sorte lá.
- Obrigada.
- Vou sentir saudade.
- Tambem!
Eu estava me despedindo da minha melhor amiga,da minha unica amiga e, todos estes anos me defendeu e ouviu minhas lamurias,vou sentir muita saudade dela.
Quando vi já era de noite,voltei para casa,escovei os dentes...

E fui dormir...

 No outro dia teria que embarcar para Brigderport e contar com sorte pra crescer lá!



sábado, maio 19, 2012

Nova Série...

E aí vem uma nova série chamada "Voando Alto", fiquem ligados !
Beijão...

Querido Diário - Mudanças ( ultimo capitulo)


            
Aconteceu tanta coisa no ultimo mês, muita coisa mesmo, fiz aniversario, me formei, prestei vestibular e fui para Starlight.
É realmente foi muita coisa, só queria me desculpar diário é que aconteceu tudo uma coisa em cima da outra.
Vamos por partes então....
No inicio do mês papai chamou eu e Arthur para uma conversa.

- Arthur ainda pretende fazer faculdade de artes cênicas?
- Claro
- E você Louise quer fazer musica em Starlight?
- Sim.
- É que é assim, em Starlight tem um curso especial para quem pretende ser ator, e se Arthur quiser eu posso escreve-lo.
- Tudo bem, mas quanto custa?
- Não vai custar nada, eu irei pagar.
- O que? Eu não posso aceitar.
- Claro que pode não se coloca uma oportunidade destas fora.
- Irei pensar.
- E Louise tem vestibular daqui a alguns dias, vai fazer?
- Claro...
- Então te inscrevo no vestibular e Arthur no curso.
- Esta bem papai.
Mais tarde naquele mesmo dia fomos ao baile de formatura e fomos escolhidos rei e rainha do baile.
Dois dias depois fiz aniversario, e mamãe fez uma baita festa...
Dançamos...

Ficamos agarradinhos na hidromassagem....

Mamãe não gostou muito de eu ter ido de peitos de fora assoprar as velas...

No final de semana fui prestar vestibular na Universidade de Musica de Starlight, estava muito nervosa. Voltei um dia depois para Brigderport e tive que esperar por um longo tempo.

Um dia após voltar de Starlight recebi uma ligação do meu velho “amigo” Edward.
- Oi...
- Oi, você veio para Starlight?
- Sim, prestei vestibular este final de semana.
- E você nem me ligou?
- É que eu estou namorando bem serio agora.
- Ah, mas isto não é problema.
- Por quê?
- Por que eu estou casado e com filho.
- Está brincando?
- Não, só liguei pra dizer que você passou, pode olhar no site da universidade, e para avisar que agora temos que agir como se nada tivesse acontecido entre nós.
- Tudo bem. Meu namorado vai comigo pra Starlight e vai ser bom não termos contato.
- Ok, boa sorte com esta nova fase.
Edward desligou e pelo menos isto já estava decidido.
Na terça feira ocorreu à formatura e foi linda, linda mesmo  nem pude acreditar.

Depois da formatura Arthur chegou de um jeito um tanto nervoso.
- Arthur o que foi?
- Estou nervoso...
- Por quê?
Ele se ajoelhou...
- Louise gostaria de casar comigo? Quero passar o resto da minha vida contigo..
Eu não estava acreditando Arthur estava me pedindo em casamento..
- Sim claro que sim..
Abraçamo-nos e beijamos, a minha vida estava mais que perfeita...

Mais tarde papai quase não acreditou e perguntou quando seria o casamento e eu disse que teríamos tempo pra pensar nisto.
Duas semanas depois embarcamos para Starlight e papai tinha pensado em tudo, na casa que era linda, muito linda, no carro em tudo.
 Parte da piscina...

Escritório..


Sala de Estar

Cozinha...

Sala de Jantar









Sacada..

Sala de maquiagem...

Sala de Estar...


Banheiro...

Quarto do casal...

Faz uma semana que estamos aqui, a faculdade é boa e Edward é legal comigo, mas muito respeitoso Arthur está adorando o curso, foi tudo que ele sempre quis.

Agora 11h15min Arthur está deitado e eu aqui ouvindo a musica...
Eu me prendi entre teus dedos
Quando peguei na tua mão
Eu me tornei você, tão cedo
Quando senti teu coração
Batendo junto ao meu
Como se fosse o meu


O amor que eu vou te dar
É bem maior do que você imagina
Deixa a luz do Sol entrar
Veja o que ele te ensina”
 
Ouvindo a minha musica a nossa musica, a espera do futuro que parece promissor.

            Fim
Obs: A musica é “REAÇÃO EM CADEIA – ENTRE TEUS DEDOS”
Queria agradecer a todos que acompanharam a historia de Louise e sua família. Agradeço a todos.Bjos